Blog do Paulo Ruch

Cinema, Moda, Teatro, TV e… algo mais.

Nathalia Timberg, na época da apresentação do espetáculo “Através da Iris”, estava perto de completar 90 anos/Foto: Rodrigo Lopes

Em “Através da Iris”, uma das maiores damas do teatro e da TV brasileiros, Nathalia Timberg, dá vida à icônica designer de interiores, Iris Apfel, um símbolo fashionista de Nova York, cujo tema é “More is more, less is bore”

Na época em que estava prestes a completar 90 anos, no final de julho de 2019, uma das maiores damas do teatro e da TV brasileiros, Nathalia Timberg, decidiu comemorar a data em grande estilo, naquele lugar que, sem dúvida, é a sua segunda casa, o palco. Dessa celebração se originou um lindo, inteligente e bem-humorado espetáculo, “Através da Iris”, com dramaturgia de Cacau Higino e direção de Maria Maya. Nathalia dá vida à icônica designer de interiores, transformada em símbolo absoluto da moda mundial, a nova-iorquina criada nos arredores de Manhattan, Iris Apfel. Iris, no alto de seus 97 anos, caracteriza-se por ser uma mulher sempre à frente do seu tempo. Alcunhada como a “estrela geriátrica”, formada em História da Arte, defensora do lema “More is more, less is bore”, a involuntária fashionista se encontra em sua multicolorida casa, onde todos os elementos se imiscuem, do pop ao barroco, passando pelo clássico, concedendo uma entrevista reveladora para uma equipe de televisão. Neste testemunho, do qual a plateia se torna cúmplice fiel, a distinta senhora que decorou a Casa Branca 9 vezes, destila sua verve sarcástica, com sua autenticidade desconcertante, sobre vários temas que lhe foram e lhe são caros, como família, casamento, solidão, costumes e moda, é claro.

Com dramaturgia fluida assinada por Cacau Hygino e direção de Maria Maya focada no carisma de sua intérprete, Nathalia Timberg, sem surpresas para o público, revela-se fulgurante no palco, em que se destacam, entre outros méritos, a sua estudada e imbatível maneira de falar o texto

Cacau Hygino constrói uma narrativa fluida, com costuras bem definidas, tendo como um de seus maiores atrativos a potente comunicação com o público. Maria Maya, em inteira consonância com o texto de Cacau, foca explicitamente, com notável acerto, na figura carismática de sua intérprete.
Nathalia Timberg incorpora Iris Apfel com o brilho soberano que incondicionalmente a acompanha. Apostando com louvor na geometria delicada dos gestos, na naturalidade sofisticada de sua atuação, e em seu estudado falar, imbatível, Nathalia fulgura na ribalta. “Através da Iris” é uma peça que encanta, que nos ensina a conhecer o tempo e o ser humano feminino sem temer as liberdades. Um espetáculo que eleva a expressão em todas as suas correntes. E isso só seria possível através da íris de Nathalia Timberg. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: