Blog do Paulo Ruch

Cinema, Moda, Teatro, TV e… algo mais.

Vera Holtz, atriz, Rodrigo Portella, dramaturgo e encenador, e Felipe Heráclito Lima, idealizador, provam-nos com “Ficções” que não existem obras literárias inadaptáveis para o teatro Pode ser que algumas obras literárias sejam inadaptáveis para a linguagem teatral. Muito se disse sobre esta impossibilidade quanto a Guimarães Rosa, o que nos foi prontamente negado por Bia …

Continue lendo

A Armazém Cia de Teatro, uma das mais importantes do país, comemora seus 35 anos de atividades montando Guillermo Calderón, renomado dramaturgo e diretor chileno Quando a arte, a política e a História se entrecruzam em um contexto narrativo teatral os efeitos transformadores desta interseção são tão logo percebidos por quem os testemunha, o público. …

Continue lendo

Idealizada por Sylvia Bandeira e escrita por Saulo Sisnando, a encantadora montagem musical faz uma associação entre as lindas canções românticas de Charles Aznavour e as histórias narradas pelos seus personagens Quando se pensa em amor, algo etéreo, abstrato, indefinível, e quando se pensa no quanto a música pode bem traduzi-lo, torna-se inescapável associá-lo a …

Continue lendo

Leilah Assumpção, autora do clássico teatral “Fala Baixo Senão Eu Grito”, usa a sua narrativa como palco para discussões sobre etarismo, sexo na maturidade e machismo Falar dramaturgicamente sobre o processo de envelhecimento do indivíduo sem resvalar para a depreciação gratuita requer profunda delicadeza e olhar sensível de quem o faz. Sendo assim, não é …

Continue lendo

A brilhante trajetória de Diogo Vilela nos palcos está atrelada às suas memoráveis homenagens a Cauby Peixoto Quando se pensa na brilhante trajetória de Diogo Vilela pelos palcos é impossível não associá-la às suas memoráveis homenagens a um de nossos maiores cantores, Cauby Peixoto. Baseado no repertório de “Cauby, Cauby!” (2006), o talentosíssimo intérprete também …

Continue lendo

O dramaturgo Eduardo Bakr consegue reunir com sucesso em sua comédia inédita doses de drama e suspense com reviravoltas surpreendentes O público brasileiro de teatro ansiava pela sua volta. O mesmo público ansiava por leveza nos palcos nesses tempos nada leves. E é justamente a leveza aliada a um humor farsesco burilado com pitadas de …

Continue lendo

Julia Lemmertz, Dani Barros, Vladimir Brichta, Claudio Mendes e Márcio Vito interpretam os personagens ou mais de um das três fábulas morais que compõem a narrativa da peça A obra do argentino Rafael Spregelburd levada aos palcos pelas mãos habilidosas e olhar crítico do diretor, tradutor e adaptador Guilherme Weber traz à baila temas que …

Continue lendo

Romulo Estrela incorpora com brilhantismo o personagem-título da adaptação da obra machadiana, que reproduz com beleza elementos góticos e expressionistas, além de adotar um tom farsesco/burlesco Revolver a riquíssima literatura machadiana forjando o seu encontro com as aberrações políticas vigentes do país não é das tarefas mais tranquilas. Destemidos, os autores Celso Taddei e Gustavo …

Continue lendo

O dramaturgo Gustavo Pinheiro, conhecido pelos sucessos “A Tropa” e “Alair”, debruça-se na análise das complexas narrativas discursivas e todos os seus desdobramentos surgidas a partir do encontro (e “desencontros”) de duas médicas Gustavo Pinheiro, prestigiado dramaturgo especialista em abordar temáticas diversas, vindo de sucessos como “A Tropa” e “Alair”, resolveu se debruçar no espetáculo …

Continue lendo