“Maitê Proença”

Publicado: 16/04/2012 em TV

095_moda-maite-proenca-famosa-atriz-celebridade-novela-passione-ok1
Foto: Fernando Louza/InStyle estilo de vida

São impressionantes as beleza e boa forma de Maitê Proença, a Stella do folhetim de Silvio de Abreu, “Passione”. Ela deve se considerar privilegiada. E por possuir essas qualidades, o papel que lhe coube na trama nos é crível, pois rapazes se interessariam sim por mulheres como Maitê. Lembro-me quando a vi tempos atrás, bem jovem, em “Jogo da Vida”, do mesmo autor de sua novela atual (já havia estreado em “As Três Marias”, de Wilson Rocha e Walther Negrão, ao lado de Glória Pires e Nádia Lippi, na Rede Globo). Na produção de Silvio de Abreu, a intérprete era filha de Ary Fontoura e Suely Franco. O bonito rosto me arrebatou, tornando-se a partir daí uma das atrizes que mais admirava, juntamente com Elizabeth Savalla, Vera Fischer, Sílvia Salgado, Natália do Valle e Elizângela, dentre outras. Quanto a mais algumas obras das quais participou, além das já citadas, apreciei também “O Salvador da Pátria”, de Lauro César Muniz, e “Torre de Babel”, novamente de Silvio de Abreu. Em “A Lua me Disse”, de Miguel Falabella e Maria Carmem Barbosa, teve uma aparição “relâmpago”, porém precípua. Como Stella, é objeto de uma história instigante. Com o término de “Passione”, Silvio de Abreu passou por cima de supostos princípios morais, e uniu de modo afetivo a personagem de Maitê com o de Daniel de Oliveira. Uma decisão difícil de ser tomada até em ficção.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s