” O jantar de Tereza Cristina em ‘Fina Estampa’ era para ser ‘comme il faut’. Eu disse ‘era’. “

Publicado: 27/12/2013 em TV

26 - tereza_patricia_cro_griselda - fina estampa
Foto: Divulgação/TV Globo

Uma festa. Um jantar. Duas rivais. Uma festa mais popular. Um jantar requintado, como se diz nas altas rodas, “comme il faut”, com tudo apropriado para a ocasião: mesa com lugares marcados, menu que remete à sofisticação, talheres, copos, pratos, guardanapos impecáveis, lista de convidados seleta… Entretanto, dois eventos concomitantes promovidos por Tereza Cristina (Christiane Torloni) e Griselda (Lilia Cabral) não poderiam transcorrer pacificamente. A primeira ao ver a iluminação caprichada da casa da segunda fica invejosa, e promete a si mesma tomar uma atitude. Griselda está feliz como anfitriã, junto aos seus convivas. Para aumentar o contentamento faltava a chegada de René (Dalton Vigh), o namorado, companheiro. E este ao chegar, provoca a ira da ex-mulher, toda vestida de vermelho. E assim, vestida de vermelho, irrompe na sala da mansão da mãe de Quinzé (Malvino Salvador), e a flagra num momento de romance com o chef. Tereza, com toda a empáfia possível, após bradar alguns desaforos, rasga a alinhada camisa do pai de seus filhos, e o machuca. Vai embora, lembrando à filha Patrícia (Adriana Birolli) para que não demorasse a comparecer ao jantar em sua homenagem e ao recente namorado. René recebe uma camisa emprestada de Antenor (Caio Castro). Ficou um pouco apertada, mas o que valeu foi a intenção. Acho que René nunca pensou em usar emprestada uma camisa de Antenor. Há sempre uma primeira vez. Com relação a Griselda, não conforma-se com o ocorrido, evitando que percebam a sua insatisfação. Telefona para Marilda (Katia Moraes). Inventa uma desculpa para que a empregada doméstica lhe avisasse quando o afamado jantar fosse servido. Enquanto isso, Tereza Cristina recebe os convidados. O irmão Paulo (Dan Stulbach), Juan (Carlos Casagrande), acompanhado de Letícia (Tania Khallil)… Este par, coitado, não escapou das piadas maldosas dela. Aliás, cometeu a deselegância de pôr o casal separado na mesa. Nada que Paulo não pudesse resolver. Os homenageados afinal aparecem. Iniciam-se as apresentações quanto ao jovem Alexandre (Rodrigo Hilbert). Tereza só o reverencia por causa de seu tradicional sobrenome. Os rapapés são interrompidos por Patrícia. Hora do jantar. Cada um senta-se em seu lugar. Por sinal, devemos dar os parabéns à produção de arte da novela das 21h da Rede Globo, escrita por Aguinaldo Silva, que de fato organizou uma mesa suntuosa, fina, “comme il faut”. O que ninguém esperava era que a dona do “Pereirão – tudo para a sua construção” fosse aparecer pronta para dar o troco na antagonista. O circo está armado. Griselda põe o dedo num dos molhos preparados, e reclama, falando que está “azedo”. Prova um pedaço de cordeiro. Reclama de novo. Desta vez, dizendo que está duro e salgado. Todos a esta altura já perderam o apetite, e temem algo pior. Tereza Cristina está desesperada. Griselda dirige-se para a mesa, e pede desculpas a Patrícia por estragar o jantar. Patrícia dá uma piscadinha de assentimento. Era o que faltava para que o serviço fosse completo. Numa puxada só, a toalha da mesa de se encher os olhos voa pelos ares, levando tudo o que havia sobre ela. Todos estão atônitos. Griselda, vingada. Agora, molho, azedo ou não, cordeiro, salgado e duro ou não, só em outro capítulo. O que era para ser “comme il faut” ficou no “era”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s