“Entrevista de Lúcia Veríssimo no ‘De Frente Com Gabi’ em 2011.”

Publicado: 18/04/2012 em Cinema, Teatro, TV

.20110121143744Foto: Roberto Nemanis/SBT

Vestida de púrpura, a bonita atriz de sorriso radiante concedeu a Marília Gabriela uma boa entrevista. Considero-a uma mulher de personalidade, espontânea e articulada. Tudo o que lhe fora perguntado, respondera coerentemente. Lúcia dissertou sobre a paixão pelo campo e pelos animais. Não se considera uma pessoa “urbana”. Sempre vai à fazenda que possui. Fazenda esta que gostaria que fosse partilhada com universidades a fim de que se pesquisasse a sustentabilidade. Informou-nos que a adoração pelos bichos se originou na mais tenra infância. E para demonstrar, contou-nos uma história divertida envolvendo aqueles de pelúcia. Confessou que gosta de solidão. Mesmo estando acompanhada, precisa de um pouco dela, pois lhe faz bem. Comentara acerca da ativa participação empregada na fundação de um partido político, e das poucas vezes nas quais se engajara para valer em questões correlatas. O que não a afasta das mesmas, dando opinião própria quando o assunto é a conjuntura atual do país. Disse não suportar a “superficialidade” que a tudo assola. E o que na verdade falta em sentido geral é educação. Educação para Lúcia é a base da formação do homem, do indivíduo, que o faz “projetar-se”, ter outra dimensão no que diz respeito ao que o cerca. Continuou afirmando que a ignorância é a culpada por atos impensados. Afirmara ficar incomodada com perguntas óbvias e sem embasamento que lhe são feitas por jornalistas ou quaisquer que intentam exercer o ofício. Confessou-nos que o teatro possui uma grande importância em sua vida, enfim, na vida do ator. Teceu comentários sobre o “besteirol” (movimento teatral surgido nos anos 80 voltado para a comicidade), relatando-nos a importância que detinha por tratar o humor com profundidade. A intérprete no momento se encontra compromissada com a novela “Amor e Revolução”, de Tiago Santiago, no SBT, na qual fará uma guerrilheira. E está feliz com esta nova etapa na carreira. Além disso, pretende seguir adiante com uma peça que escrevera e que deseja levar ao cinema, “Usufruto”, cujo cerne do argumento seria o protesto contra a hipocrisia. Após a entrevista, acho Lúcia Veríssimo uma mulher com ainda mais personalidade, beleza, espontaneidade, articulação no discurso, e com um sorriso radiante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s