“Giovanna Ewbank é boa neta. Ouviu os conselhos da avó, e tudo deu certo para ela.”

Publicado: 20/04/2012 em Moda, Teatro, TV

img-386839-giovanna-ewbank-no-programa-do-jo
Foto: Ricardo Martins/TV Globo

A bela atriz Giovanna Ewbank foi entrevistada no “Programa do Jô” nesta semana. Trajando um vestido off-white de mangas longas, uma renda preta sob o decote, e calçando “ankle boots” bicolores, Giovanna Ewbank antes de iniciar a conversa presenteia Jô Soares com um par de óculos Herchcovitch. Estiloso como o apresentador gosta. Ela disse que sempre fica na expectativa de ver os acessórios que serão usados pelo apresentador, além das gravatas. Ao ter os seus olhos azuis elogiados, Giovanna confessou que passou bastante rímel para realçá-los. Agora, vamos para a entrevista em si. A paulistana descendente de escoceses e italianos, vinda de família com muitas mulheres, revelou que quando criança era tímida, a ponto da avó materna sugerir à sua mãe que fosse colocada no teatro para perder o acanhamento. Com 14 ou 15 anos começa a ter aulas de prática teatral. Informa que o pai é arquiteto e a mãe designer têxtil. Comunicou que a entrada no meio artístico causou uma certa estranheza nos outros parentes. Aliás, uma das dificuldades da intérprete é justamente falar palavrões, o que fez com que os professores que tivera a incentivassem a falá-los para “se soltar”. Credita o seu perfeccionismo ao fato de ser virginiana, o que a atrapalhou, segundo ela. Jô lhe indaga sobre a carreira de modelo. Giovanna Ewbank “modelou” dos 14 aos 20 anos. A partir dos 20 é que começou a trabalhar de modo efetivo como atriz (“Malhação”, “A Favorita”, “Escrito nas Estrelas” e “Acampamento de Férias 3 – O Mistério da Ilha do Corsário”). Apresentou a “TV Globinho”. Fotos suas como modelo em diferentes fases da vida são exibidas no telão. O assunto ruma para a peça com a qual está em cartaz no Rio de Janeiro, “O Grande Amor da Minha Vida”, texto de Guel Arraes, João Falcão e Karina Falcão. A direção é de Michel Bercovitch. Divide o palco com Joaquim Lopes. Trata-se de uma comédia romântica que retrata as diversas fases do relacionamento de um casal, com direito ao primeiro encontro, ao primeiro beijo, à primeira briga… Com relação aos fãs, relata que lidam com ela de forma carinhosa. E julga que o assédio feminino aos homens famosos, como no caso do ator Bruno Gagliasso, seu marido, é mais complicado. Certa vez, entretanto, Giovanna passou por uma “saia justa”, quando fora fazer um trabalho no interior de São Paulo. Jô Soares lhe pergunta acerca de um castelo que pertenceu à família Ewbank. Só que Giovanna fantasiava demais a respeito dele, achando que seria um castelo de princesa. Contudo, ao vê-lo numa foto, decepcionou-se, pois o mesmo estava em ruínas. O humorista o mostrou ao público, e teceu elogios. E a atriz afirmou que hoje o acha “lindo, maravilhoso”. Concluindo, Jô fala que ela é encantadora. Fica assim uma lição. Ouçam os conselhos de suas avós e sejam bons netos. Giovanna Ewbank ouviu, e tudo acabou dando certo para ela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s