“Entre o começo e o meio, sucesso. Rafael Cardoso”

Publicado: 29/04/2012 em Cinema, Moda, TV, Web


Foto: Sérgio Santoian/Revista Mensch

Na novela de Maria Adelaide Amaral, o gaúcho Rafael Cardoso (que interpretou com enorme sucesso Rodrigo, de “A Vida da Gente”, de Lícia Manzo; está no longa “Senhores da Guerra”, de Tabajara Ruas; integrou a websérie “Quero Ser Solteira!”, de Claudia Sardinha; e filma a nova produção de Jayme Monjardim, baseada na obra de Érico Veríssimo, “O Tempo e o Vento”) foi um dos destaques da trama na qual se viram intrigas, romances, encontros, e lógico, desencontros. Seu personagem em “Ti-ti-ti”, Jorgito, filho de Rebeca (Christiane Torloni) se mostrou o típico “playboy”, “dono de si”, mas que ao final acaba mostrando amor por Desirée (Mayana Neiva). Ambos sobreviveram aos ardis de Stéfany (Sophie Charlotte). Contudo, como se deu o início da carreira de Rafael? Foi na terra natal, especificamente na rede de TV RBS, em que fizera participações, como na série “Pé na Porta”, em 2007, que lhe valeram como “embasamento” para trabalhos futuros. Como em sua estreia na Rede Globo, no folhetim de Andrea Maltarolli, “Beleza Pura” (2008). Interpretou Klaus, jovem envolvido com duas moças. A seguir, o ator enviou material para a produção cinematográfica (fato que o levou a ser aprovado), e que se tornou um “divisor de águas” (no melhor dos sentidos, porquanto demonstrara seu potencial para dar vida a papel difícil) na trajetória artística, “Do Começo Ao Fim” (2009). Este longa-metragem é importante obra de Aluizio Abranches que tem, dentre muitas qualidades, a capacidade de gerar saudável reflexão nos espectadores. No elenco estão Fábio Assunção, Julia Lemmertz e João Gabriel Vasconcellos. Acredito que os fatores que levaram Rafael a se sair bem no filme mencionado se deveram, claro, ao talento e também à disciplina, concentração e pleno profissionalismo. Daí, veio a minissérie de Aguinaldo Silva, “Cinquentinha”. Na história, personificou Eduardo, rapaz que mantém relacionamento afetivo com mulher mãe de amigo seu, defendida por Marília Gabriela. E o meio do enredo de Rafael Cardoso se dá agora em “Ti-ti-ti”. Do começo ao meio. Com sucesso. Sempre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s