“Thiago de Los Reyes, o Quim de ‘Insensato Coração’, é daqueles atores jovens que quando aparecem na novela, pensamos: – Vem cena boa, aí…”

Publicado: 08/05/2012 em Cinema, Teatro, TV

252010_227603457251139_100000044593852_1025007_136829_n
Foto: Sergio Santoian/ego

Houve uma cena divertidíssima envolvendo Deborah Evelyn (Eunice), Thiago e Giovana Lancellotti (Cecília), no folhetim de Gilberto Braga e Ricardo Linhares. Tudo desenhou-se quando Eunice deu uma “incerta” no cursinho onde a filha Cecília estudava para flagrá-la com o namorado secreto. Rafa (Jonatas Faro), o tal namorado, não estava presente devido a compromisso pessoal. Foi então que Quim aproveitou-se da situação para tomar o lugar do amigo. E foram todos lanchar. Eunice pensa que o rapaz é riquíssimo e de família tradicional, baseando-se no seu sobrenome pomposo. Quim fez a festa. Pediu “milk shake”, um sanduíche gigantesco, chamou Cecília de Ciça (para espanto de Eunice, que confirmou que a jovem detesta que a chamem assim)… E a mãe de Cecília a fim de não desapontá-lo, acompanhou-o na pândega (Eunice praticamente “lutou” com o sanduíche). A moça estava constrangida. E Quim nem era com ele. Esta cena serviu para corroborar o talento deste jovem intérprete que desde o início do folhetim garante-nos bons momentos, sendo que a maioria contextualizados no humor. Quim é um rapaz de modesta situação, avesso aos estudos (não possui a mais remota ideia do que queira ser), com ranzinzice que o leva a ser engraçado, cujo melhor amigo é Rafa. Quando percebe que “perdera” este para Cecília, passa a nutrir implicância total para com ela (refere-se à moça como “a marrentinha do Sul”). Isto é bastante natural de acontecer. Além disso, as cantadas que dera em Natalie (Deborah Secco) foram impagáveis. Na verdade, tudo isto que narrei até aqui talvez não fosse passível de graça se não estivesse nas mãos de ator certo. E Thiago abraça os requisitos necessários (inclusive a inflexão com que as falas são ditas) para fazer de Quim atraente para os telespectadores. Falemos então de sua carreira. Thiago é natural do Rio de Janeiro, e começou a atuar ainda criança. Estreou em “Esplendor”, de Ana Maria Moretzshon. No ano seguinte, “Estrela-Guia”, da mesma autora. Daí, vieram “Malhação” e o especial “Clara e o Chuveiro do Tempo”. Fora o Príncipe Theo de “O Sítio do Picapau Amarelo”, e o Bruno de “Eterna Magia”, de Elizabeth Jhin. Muda de emissora, sendo o tímido Guga de “Chamas da Vida”, de Cristianne Fridman, na Rede Record. No teatro, esteve em “O Despertar da Primavera”, e “No Círculo das Luzes” (direção de Ulysses Cruz), dentre outras peças. É experiente em cinema, tendo exercido as funções de diretor e assistente. E por agora é o Quim, em “Insensato Coração”. Aquele personagem que quando aparece nós pensamos: – Vem cena boa, aí…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s