“Andre Bankoff não foi apenas um pesquisador em ‘Morde & Assopra’. Para viver Tiago, e lhe dar credibilidade, pesquisou, e muito.”

Publicado: 17/05/2012 em Moda, Teatro, TV

.
Foto: Márcio Amaral/Revista Mensch

Tudo parecia calmo em Preciosa para Tiago (Andre Bankoff, que será Pedro no remake de “Saramandaia”, com previsão de estreia para junho na Rede Globo), pois estava exercendo a paixão de sua vida: a paleontologia. O pai Oséas (Luis Melo) era contra esta opção. Tiago não se importava. Sentia-se até colocado em segundo plano por ele. Achava que as atenções do patriarca dirigiam-se todas ao irmão Fernando (Rodrigo Hilbert). Grande descoberta por suas mãos foi feita: os restos de titanossauro. Até que espevitada loira a quem chamamos Júlia (Adriana Esteves) chega decidida à cidade onde se desenrolou a trama de Walcyr Carrasco, no horário das 19h da Rede Globo. Se antes havia certo sossego para o jovem amante das viagens e escavações nos campos profissional e afetivo, após o surgimento da colega de ofício, tudo mudou. A princípio, houve parceria, colaboração entre ambos. Em momento inesperado por Tiago, os olhos claros que possui passaram a enxergar Júlia com intenções ternas. Virou o jogo. As mesmas intenções ternas transformaram-se em ciúme, motivado pelo que há de amoroso entre a amada e Abner (Marcos Pasquim). Como se isto não bastasse, a equipe da qual fazia parte nas buscas paleontológicas começou a deixá-lo à margem. Natural que Tiago demonstrasse mudança de comportamento. No que concerne à composição do personagem, Andre Bankoff estudou e pesquisou bastante. Conversara com William Nava, em quem o papel fora inspirado, e tantos outros especialistas. William é escavador de Marília, interior de São Paulo, e reconhecido pelo que descobrira em suas empreitadas. Estágio no Museu Nacional do Rio de Janeiro o ajudou mais ainda. É por esta razão que digo: Andre estudou e pesquisou amiúde para que sentisse e entendesse a verdade do personagem que lhe fora dado. Falemos, agora, então, da trajetória deste jovem ator que trabalhara desde cedo como modelo, e tivera experiência como jogador de futebol, inclusive em terras estrangeiras. No teatro, integrara o elenco do espetáculo “Mulheres Alteradas”, adaptação de Andrea Maltarolli para os escritos da argentina Maitena. Já na TV, depois de aparições na minissérie “Mad Maria”, de Benedito Ruy Barbosa, e em “Bang Bang”, de Mário Prata e Carlos Lombardi, André ganha o primeiro protagonista, só que na Rede Record, como o Juba de “Bicho do Mato”, de Bosco Brasil e Cristianne Fridman. Daí, vieram “Alta Estação”, de Margareth Boury, “Amor e Intrigas”, de Gisele Joras, e “Poder Paralelo”, de Lauro César Muniz e Dora Castellar. E aparece a oportunidade para o artista de Americana de interpretar Tiago, logo em obra de autor, que segundo o próprio, sempre admirara: Walcyr Carrasco. Andre Bankoff ao estudar e pesquisar para dar vida ao paleontólogo da história segue máxima preciosa, sem qualquer trocadilho, de que ser ator é também estudar e pesquisar. Andre Bankoff é bom aluno.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s