“Em um delicado momento do país em que o valor da Educação é posto em xeque, a excelente série ‘Segunda Chamada’, de Carla Faour e Julia Spadaccini, tendo Debora Bloch em seu elenco, entra nos lares brasileiros com a nobre função de não só realçar a sua importância, mas a de mostrar a necessidade de se resgatar a cidadania e a dignidade humanas.”

Publicado: 17/10/2019 em TV

elenco-segunda-chamada
Foto: Mauricio Fidalgo/Globo

“Segunda Chamada” é uma importante série que se apresenta em um momento delicado do país, em que se discute com a veemência necessária a relevância da educação em uma sociedade que se propõe a se desenvolver, usando como ferramenta narrativa de comunicação os dramas e conflitos atinentes a professores e alunos do turno da noite de uma escola pública de São Paulo

Na terça-feira passada, o público teve a chance de acompanhar o segundo episódio de um dos melhores produtos televisivos teledramatúrgicos do momento, a série da dupla Carla Faour e Julia Spadaccini, com direção artística de Joana Jabace, “Segunda Chamada”, na Rede Globo. Esta obra profundamente humanista chega nos lares brasileiros numa era oportuna, em que se discute com maior veemência a relevância da educação no país e o seu papel dentro da sociedade. Sem caracteres políticos, a excelente série pretende com notada sensibilidade, sem abdicar do realismo que o tema pede, colocar uma lente de aumento generosa nos dramas e conflitos individuais e coletivos de professores e alunos do turno da noite voltado para jovens e adultos de uma instituição pública de São Paulo, a Escola Estadual Carolina de Jesus. Com as inegáveis qualidades técnicas já consolidadas neste gênero, “Segunda…” açambarca um leque amplo de situações envolvendo os personagens deste instigante universo. Os professores são muito mais do que instrumentos de transmissão de conhecimento, cumprindo, cada qual ao seu jeito, a função de intermediar, contemporizar ou remediar os dilemas nascidos neste núcleo. O valoroso elenco reúne talentos de vivências e formações diversas, resultando em uma equipe de peso que brilha a cada cena.

Com um elenco de inegável valor capitaneado por Debora Bloch, a série certamente nos oferecerá em seus próximos episódios lições de cidadania e dignidade humana, cada vez mais em falta no Brasil

No time dos professores temos a idealista e determinada Júlia (Debora Bloch), a conciliadora e divertida Eliete (Thalita Carauta), o bem-intencionado Marco André (Silvio Guindane) e a dedicada, porém um pouco arredia Sônia (Hermila Guedes). Jaci, o diretor racional e exigente, ficou a cargo de Paulo Gorgulho. Na turma de alunos há a jovem Solange (Carol Duarte), despreparada para ser mãe; o travesti que convive com o medo, Natasha (Linn da Quebrada); o motoboy castigado pela dura rotina (Felipe Simas) e a senhora que abandona o preconceito de gênero Dona Jurema (Teca Pereira). Completam este admirável cast José Dumont, Nanda Costa e Mariana Nunes. Com “Segunda Chamada”, nós, telespectadores, também seremos alunos dessa escola com nome de escritora, aprendendo com cada episódio as lições de cidadania e dignidade humana que somente uma sala de aula pode dar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s